Jetty no Solaris 10

Segue uma contribuição que fiz para o projeto Jetty, para inicializar/parar/reiniciar o Jetty, usando o serviço nativo SMF do Solaris 10.

Os softwares necessários

Outra versão do Jetty irá funcionar, basta adaptar o script jetty.sh

Essa contribuição está no OpenSolaris e no Jetty, pelo patch 639.

A vantagem do uso do SMF que fiz

  • Uso de portas privilegiadas por usuário não root (permissão de privilégios)
  • Restar do serviço automaticamente (watchdog)
  • Padronização para o ambiente Solaris no uso do serviço

Sobre o Jetty

Para quem não conhece o Jetty, é um servidor Java, como o Tomcat. Ele é muito bom, uso-o há muito tempo, inclusive ele foi o servidor web que acompanhava o JBoss antes do tomcat. Vejam alguns usuários do Jetty.

O Jetty é reconhecido por ter baixo consumo de memória e recursos, permitir o uso da API de maneira embutida (Embedded), já usei em projetos profissionais.

De fato o Jetty é usado neste site (claudius.com.br)  e no do SouJava (soujava.org.br).

Written on July 16, 2008